Premiação I Cine Jardim

CURTA-METRAGEM PELO JÚRI JOVEM

MELHOR ANIMAÇÃO: “O Céu no andar de baixo”, do diretor Leonardo Cata Preta;

MELHOR DOCUMENTÁRIO: “Cancha – Antigamente era mais moderno”, do diretor Luciano Mariz;

MELHOR FICÇÃO: “João Heleno dos Brito”, do diretor Neco Tabosa;

MELHOR FILME ESTRANGEIRO: “Caradecaballo”, do diretor Marc Martínez Jardán.

CURTA-METRAGEM PELO JÚRI POPULAR

MELHOR ANIMAÇÃO: “A Fábula da Corrupção”, do diretor Lisandro Santos;

MELHOR DOCUMENTÁRIO: “Mamulengo: nas linhas da mão, da diretora Natália Alvarenga;

MELHOR FICÇÃO: “Olhos de Botão”, do diretor Marlom Meireles;

MELHOR FILME ESTRANGEIRO: “Bodas de Papel”, do diretor Francisco Antunez.

LONGA-METRAGEM PELO JÚRI JOVEM

MELHOR LONGA-METRAGEM: “Cidade de Deus – 10 anos depois”, do diretor Cavi Borges e Luciano Vidigal.

LONGA-METRAGEM PELO JÚRI POPULAR: Melhor Longa-metragem: “Os Pobres Diabos”, do diretor Rosemberg Cariry.